Última hora

Em leitura:

Maurice Béjart deixa saudades no mundo da dança


mundo

Maurice Béjart deixa saudades no mundo da dança

Maurice Béjart passou à eternidade. O coreógrafo francês, um dos fundadores da dança contemporânea, faleceu esta manhã aos 80 anos num hospital de Lausanne na Suíça. Criativo e inovador, Béjart valorizava a dimensão sensual do bailado e foi um dos artistas que mais trabalhou para aproximar a dança do grande público.

Béjart marcou a vida de muitos bailarinos.

“Era exigente em relação a si próprio e aos outros. Creio teria feito muito menos, talvez metade do que fiz, se não o tivesse encontrado.”, afirmou Rita Poelvoorde, antiga bailarina da companhia de Béjart.

Os seus alunos reconhecem-lhe não apenas a criatividade mas a liberdade que concedia aos outros.

“Ele conseguiu formar jovens bailarinos que têm a vocação da dança, que se tornaram coreógrafos forjando a sua própria linguagem, sem repetir o que Béjart fez, ou seja, que se encontraram a si próprios”, afirmou Michèle-Anne Demey, antiga aluna.

O último espectáculo do artista em Portugal foi em 2004. O primeiro em 1968. O regime de Salazar expulsou-o após um espectáculo no Coliseu em que criticou a ditatura.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Millionaire Fair em Moscovo