Última hora

Última hora

Queda do dólar cria mais turbulência na Airbus

Em leitura:

Queda do dólar cria mais turbulência na Airbus

Tamanho do texto Aa Aa

A descolagem financeira da Airbus volta a estar ameaçada, desta feita pela queda do dólar nos mercados internacionais. O presidente do construtor aeronáutico europeu sugeriu ontem a possibilidade de aplicar novas medidas de austeridade, em resposta à subida do euro face ao dólar.

Numa reunião em Hamburgo, Thomas Enders afirmou que, “a taxa cambial superou o limite do suportável” e que é chegada a hora de, “rever o modelo industrial da empresa”.

Palavras que inquietam os sindicatos, após o plano de restruturação “Power 8”, que levou à supressão de 10 mil empregos e ao encerramento de várias fábricas da companhia.

A direcção da empresa quer realizar mil milhões de euros de economias nos próximos 3 anos, para evitar uma perda de competitividade face ao concorrente norte-americano Boeing.

Num mercado onde as transações são feitas em dólares, a subida do valor do euro implica, segundo a direcção, uma reavaliação dos custos de produção.

No início da semana, o euro tinha atingido um novo recorde face ao dólar ao superar a barreira do 1 dólar e 48 centimos. Desde o início do ano a moeda europeia registou uma subida de 12,5%, inquietando os investidores do continente.