Última hora

Última hora

Trabalhadores dos transportes públicos franceses voltam ao trabalho

Em leitura:

Trabalhadores dos transportes públicos franceses voltam ao trabalho

Tamanho do texto Aa Aa

Após nove dias de greve, os trabalhadores dos transportes públicos franceses voltam ao trabalho. Os sindicatos acolheram favoravelmente várias propostas feitas pela empresa dos caminhos ferroviários franceses e pela companhia que gere os transportes públicos de Paris.

As partes vão regressar à mesa das negociações. Mesmo assim o governo mantém a intenção de aumentar de 37,5 para 40 anos o tempo de descontos.

Pelo sim, pelo não, os trabalhadores mantêm o pré-aviso de greve para daqui a um mês, como explica Bruno Turtoy da CGT.

“Se o governo não cumprir as promessas e se recuar, os maquinistas que regressam hoje, havia ainda 36% de grevistas, voltarão ao conflito”, disse o responsável sindical dos maquinistas.

Mas o fim do protesto contra as alterações aos regimes especiais de reforma não acaba com a tensão social em França. Os funcionários públicos estão mobilizados para reclamar contra a perda do poder de compra. O presidente francês, Nicolas Sarkozy prometeu anunciar medidas para combater o problema logo que a greve acabasse.