Última hora

Última hora

Sãos e salvos: náufragos do Explorer preparam-se para regressar a casa

Em leitura:

Sãos e salvos: náufragos do Explorer preparam-se para regressar a casa

Tamanho do texto Aa Aa

Um primeiro grupo de 77 náufragos do navio Explorer chegou esta madrugada a Punta Arenas, no Chile, 48 horas após a embarcação ter embatido num iceberg. Sãos e salvos, os passageiros, britânicos, holandeses, americanos, australianos e canadianos participavam numa expedição à Antártica, que seguia o percurso de um explorador irlandês do início do século XX.

Após o incidente, os 154 passageiros vogaram durante seis horas em barcos salva-vidas antes de serem resgatados por um navio norueguês. “Foram momentos difíceis”, afirma um dos turistas, “estava muito frio e nós estávamos muito expostos”. “Só tivemos tempo de vestir os anoraques e abandonar o navio”, diz outro. “Estávamos enregelados, molhados, mas conseguimos sobreviver, e agora regressamos a casa”, recorda outro turista.

Um segundo grupo de turistas e tripulantes do navio deverá chegar nas próximas horas ao Chile, de onde serão reencaminhados para os países de origem. O Explorer tinha embatido na sexta-feira num iceberg, afundando-se horas depois, sem causar nenhuma vítima. O acidente reabre o debate sobre os perigos da actividade turística nas águas da Antártica em navios que, como o Explorer, não estão preparados para a travessia.