Última hora

Última hora

Hamas organiza contra-cimeira

Em leitura:

Hamas organiza contra-cimeira

Tamanho do texto Aa Aa

O Hamas diz não à reunião de Annapolis. Em sinal de protesto, o movimento islâmico promoveu, em Gaza, a “conferência da recusa”.

A ideia é alertar para os perigos do encontro, que amanhã arranca nos Estados Unidos e para o qual o Hamas não foi convidado.

Foram muitos os que subscreveram o documento redigido pelo movimento islâmico e que segundo o líder, Ismael Haniyed, estabelece que nenhuma solução será aceite caso não sejam devolvidos os territórios e os refugiados regressem de onde foram expulsos em 1948. O porta-voz afirma, ainda, que não se comprometem com qualquer parte de Jerúsalém.

O Hamas entende, que a causa palestiniana não dever servir de ponte para o relacionamento entre a comunidade internacional e Israel. O movimento invoca, ainda, o direito dos palestinos à resistência.

Esta segunda feira, as forças de segurança da Autoridade Nacional Palestiniana detiveram 11 activistas do Hamas, em diversas cidades da Cisjordânia.

A operação ocorre após uma denúncia do movimento nacionalista Fatah, liderado pelo Abbas, sobre o rapto de cinco militantes do grupo nacionalista.