Última hora

Última hora

Familiares de vítimas de Srebrenica vencem primeira batalha

Em leitura:

Familiares de vítimas de Srebrenica vencem primeira batalha

Familiares de vítimas de Srebrenica vencem primeira batalha
Tamanho do texto Aa Aa

Primeira vitória para os familiares das vítimas do genocídio de Srebrenica. O Tribunal de Haia rejeitou um pedido do Estado holandês para declarar improcedente a queixa contra as Nações Unidas por responsabilidade naquele que foi o pior massacre em solo europeu depois da II Guerra Mundial.

Os familiares das vítimas acusam a ONU e o Estado holandês de terem permitido a chacina cometida pelo exército sérvio comandado pelo general Ratko Mladic, procurado por genocídio pelo TPI.

Em Julho de 1995, meses antes dos acordos de Dayton, que iriam colocar fim à sangrenta guerra civil da Bósnia, o exército sérvio-bósnio atacou com sucesso o enclave de Srebenica, na altura sob protecção dos capacetes azuis holandeses.

Nos dias que se seguiram 8000 homens e rapazes muçulmanos foram separados e depois chacinados.