Última hora

Última hora

Sarkozy anuncia abertura de inquérito judicial à morte de adolescentes na origem de novos motins

Em leitura:

Sarkozy anuncia abertura de inquérito judicial à morte de adolescentes na origem de novos motins

Tamanho do texto Aa Aa

Será aberto um inquérito judicial para apurar as circunstâncias da morte dos dois adolescentes, no domingo em Villiers-le-Bel, que desencadeou uma nova vaga de motins nos subúrbios franceses. O anúncio foi feito pelo presidente Nicolas Sarkozy, poucas horas depois do seu regresso da China.

De visita a alguns dos 130 polícias feridos em duas noites de confrontos no norte de Paris, o presidente aproveitou para deixar uma mensagem de firmeza. Segundo Sarkozy, “aqueles que assumem a responsabilidade de disparar contra funcionários vão encontrar-se diante do tribunal porque esse acto tem um nome: é uma tentativa de assassinato”.

A abertura do inquérito judicial foi saudada pelos familiares dos dois adolescentes falecidos, durante o encontro, esta manhã, com o presidente no Palácio do Eliseu. Segundo os advogados das famílias, trata-se de uma “garantia de independência e imparcialidade” para acalmar a situação.

Graças a um dispositivo de segurança excepcional, a noite foi relativamente calma no departamento de Val-d’Oise, mas a violência alastrou a Toulouse, no sudeste de França. No bairro de Bagatelle houve confrontos. Uma biblioteca, vários carros e caixotes do lixo foram incendiados.