Última hora

Última hora

Sérvia tem planos para ripostar a uma independência do Kosovo

Em leitura:

Sérvia tem planos para ripostar a uma independência do Kosovo

Tamanho do texto Aa Aa

A Sérvia tenciona isolar o Kosovo e mesmo privá-lo de electricidade se os dirigentes albano-kosovares declararem a independência unilateral da província sérvia. Mantém-se o impasse em Baden, na Áustria, numa cimeira considerada a última oportunidade para se encontrar uma solução negociada para o futuro estatuto do Kosovo.

“A Sérvia vai reagir como qualquer país europeu reagiria se o seu território estivesse em perigo”, referiu Slobodan Samardzic, ministro sérvio para o Kosovo.

Os representantes kosovares, nomeadamente o recém-eleito primeiro-ministro Hashim Thaci, mostram determinação.

“Podemos discutir, podemos negociar durante 100 anos, mas entre o Kosovo e a Sérvia nunca pode haver compromisso. O Kosovo vai ser um Estado e este processo vai seguir o caminho da paz e da estabilidade. Nada mais de guerra, nada mais de mortes nada mais de instabilidade na região”, diz o Hashim Thaci, antigo guerrilheiro do UCK.

Administrada pela ONU, desde o fim da guerra em 1999, a província sérvia do Kosovo divide também a troika de mediadores – União Europeia, Estados Unidos e Rússia. Washington defende a independência, tal como Bruxelas, de forma mais moderada, Moscovo posiciona-se ao lado da aliada Sérvia, que apenas está disposta a conceder autonomia alargada.