Última hora

Última hora

Estado de emergência até 16 de Dezembro

Em leitura:

Estado de emergência até 16 de Dezembro

Tamanho do texto Aa Aa

O Paquistão tem um presidente civil. Um dia depois de abandonar a chefia do Estado Maior das Forças Armadas, Pervez Musharraf reassumiu a presidência da república e decidiu levantar o estado de emergência. Chegado ao poder pela primeira vez em 1999 por intermédio de um golpe de Estado, o antigo general tomou posse como presidente pela primeira vez em 2001. A 6 de Outubro deste ano assegurou a reeleição através duma votação no parlamento mas a contestação de vários sectores da sociedade levaram-no a instaurar o estado de emergência a 3 de Novembro. Esta medida de excepção será levantada a 16 de Dezembro.

Outra tentativa de apaziguamento, Pervez Musharraf expressou o contentamento pelos regressos do exílio de Benazir Bhutto e de Nawaz Sharif, com vista à reconciliação política. Mas a reconciliação parece longe. O regresso dos antigos primeiros-ministros coloca uma maior pressão nos ombros do presidente que convocou eleições legislativas para 8 de Janeiro. Mas a eleição duma maioria desfavorável ao presidente pode conduzir a um processo de destituição.

Nas ruas os opositores de Pervez Musharraf continuam a manifestar-se. Como esta quinta-feira em Lahore onde um protesto de advogados e jornalistas acabou em confrontos com a polícia.