Última hora

Última hora

Protesto provoca paragem nos transportes italianos

Em leitura:

Protesto provoca paragem nos transportes italianos

Tamanho do texto Aa Aa

Itália enfrenta um dia negro no sector dos transportes devido a uma greve geral contra cortes orçamentais definidos pelo governo para 2008. A mobilização vai afectar transportes urbanos e serviços ferroviários, áereos e marítimos em todo o país. A Alitalia concelou mais de duzentos voos previstos para hoje, metade dos quais ligações internacionais.

A paralização foi convocada por quatro sindicatos dos transportes que classificam o protesto de “inevitável” face à falta de intervenção do executivo italiano num sector que, dizem em comunicado, se encontra “num estado de crise cada vez mais grave”. Fontes sindicais explicam que o “declínio progressivo” se deve à “falta de recursos e de renovação de contratos”.

Um utente de Milão considera que “a greve apenas trará transtornos, o que não é justo”.

Uma outra diz que “é um incómodo, mas há coisas que são necessárias para fazer avançar a situação”.

Roma sofreu já nos últimos dois dias com os protestos de taxistas contra a decisão da autarquia de conceder quinhentas novas licenças. A mobilização bloqueou a praça Veneza, no centro da capital.