Última hora

Última hora

Rússia suspende participação no Tratado sobre Forças Convencionais na Europa

Em leitura:

Rússia suspende participação no Tratado sobre Forças Convencionais na Europa

Tamanho do texto Aa Aa

A dois dias das eleições na Rússia, o presidente Vladimir Putin volta a inflamar as relações com o Ocidente, ao suspender a participação do país no Tratado sobre as Forças Convencionais na Europa. A decisão, oficializada hoje, constitui um passo atrás no documento assinado no final dos anos 90, que pôs fim às tensões da guerra fria entre a NATO e o Pacto de Varsóvia.

Na prática Moscovo deixa de estar submetido a inspecções ao seu arsenal e ao destacamento de tropas dentro do território da Federação russa.

A suspensão será efectiva a partir do dia 12 de Dezembro. Putin justifica a decisão pelo facto do Tratado ter sido ratificado apenas pelo país, a Bielorrússia e o Casaquistão.

Desde o início do ano que a maioria dos membros da NATO exige a retirada russa das regiões separatistas da Geórgia e Moldávia, como condição para ratificar o tratado que deverá ser renovado em Julho de 2008.