Última hora

Última hora

Justiça e governo espanhóis apertam o cerco à ETA, com o apoio da oposição

Em leitura:

Justiça e governo espanhóis apertam o cerco à ETA, com o apoio da oposição

Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol condenou a acção de hoje da ETA, que levou a oposição do partido popular a declarar pela primeira vez o seu apoio à política anti-terrorista do governo. O primeiro ministro José Luiz Zapatero, reafirmou que, “o Governo vai utilizar todos os recursos para lutar contra o terrorismo e todos os que o apoiam. Os responsáveis do ataque de hoje acabarão capturados como todos os membros da organização. Isto não vai trazer de volta as vítimas, nem compensará a perda dos familiares e amigos mas poderá reconfortá-los saber que os assassinos irão pagar pelos seus actos”.

A ministra do Interior francesa, Michelle Alliot-Marie reagiu também ao ataque desta manhã, durante uma reunião dos ministros do Interior europeus em Werden, na Alemanha, dedicada precisamente à luta contra o terrorismo.

A responsável assim com o seu homólogo espanhol deverão deslocar-se ainda hoje ao local do ataque, no sudoeste de França.

A ministra francesa esclareceu que, “a operação policial de hoje contra a ETA, foi uma operação clássica no quadro da cooperação anti-terrorista entre os dois países, com o objectivo de localizar membros da ETA que entram no território francês para procurar refúgio ou para preparar acções armadas”.

O ataque ocorreu no mesmo dia em que a justiça espanhola condenou 47 de 52 militantes independentistas bascos, detidos nas últimas semanas, a penas até 22 anos de prisão por ligações à organização separatista ETA.

A informação, avançada pela imprensa espanhola, só deverá ser oficializada na próxima semana pelo tribunal da Audiência Nacional, alegadamente por questões de segurança.

Sinal da nova união dos partidos políticos contra o terrorismo da ETA, a totalidade das formações convocou para terça-feira uma manifestação conjunta contra a violência e a favor da derrota da organização separatista basca.