Última hora

Última hora

"Stop Sida": o grito é mundial

Em leitura:

"Stop Sida": o grito é mundial

Tamanho do texto Aa Aa

Quatro pessoas morrem a cada minuto em todo o mundo devido à Sida, diariamente mais de 5.700 mortos. Os números são da Organização das Nações Unidas e o alerta é mais uma vez lançado por ocasião do dia Mundial, hoje assinalado. Publicadas em Novembro, as últimas estimativas da ONU indicam cerca de 6.800 novos casos a cada dia que passa. Luc Montagnier, um dos investigadores que descobriu o vírus comenta que “a nova geração não conheceu a primeira fase em que a doença foi descoberta e em que todos os contaminados morreram da doença, nesta altura a situaçao não é satisfatória porque as campanhas de prevenção não chegam a toda agente.

No mundo, cerca de 33,2 milhões de pessoas são seropositivas ou doentes de sida, sendo que, por dia, aproximadamente 1.200 crianças com menos de 15 anos são infectadas. A África sub-sariana concentra dois terços das novas contaminações. “Stop Sida. Vamos garatir as nossas promessas” é o slogan para este dia mundial de combate à doença atravées de uma campanha divertida mas informativa.