Última hora

Última hora

Autoridades israelitas libertam mais de 400 prisioneiros palestinianos

Em leitura:

Autoridades israelitas libertam mais de 400 prisioneiros palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

Israel libertou 429 prisioneiros palestinianos, num gesto destinado a reforçar o líder moderado Mahmud Abbas no rescaldo da conferência de Annapolis, nos Estados Unidos.

Os primeiros autocarros com antigos detidos agora postos em liberdade chegaram a meio da manhã à Cisjordânia, acolhidos por centenas de pessoas.

Apenas vinte homens foram enviados – por vontade própria – para a Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas.

A maioria dos libertados pertence ao partido Fatah de Abbas, Presidente da Autoridade Palestiniana.

Um porta-voz do primeiro-ministro israelita Ehud Olmert explicou que a libertação de prisioneiros “pretende reforçar os líderes palestinianos moderados e favorecer o diálogo político entre israelitas e palestinianos”.

Abbas e Olmert relançaram formalmente em Annapolis as negociações de paz interrompidas há sete anos, fixando como objectivo um acordo até ao fim de 2008.