Última hora

Última hora

Prémio Tate premeia réplica de protesto pacifista

Em leitura:

Prémio Tate premeia réplica de protesto pacifista

Tamanho do texto Aa Aa

Mark Willinger é o vencedor do prémio Tate deste ano. A distinção atribuída pelo Museu Tate, desta vez em Liverpool, consagrou a instalação do artista britânico que reproduziu o protesto do pacifista Brian Haw durante 6 anos em frente ao parlamento.

“Brian Haw é um homem notável que levou a cabo uma campanha contra a política externa tola e egocêntrica do nosso governo. Durante seis anos e meio permaneceu firme na praça do parlamento, a última voz dissonante no Reino Unido. Façam regressar as tropas, devolvam os nossos direitos, confiem no Povo”, disse Willinger durante na cerimónia de entrega do prémio.

O júri considerou a obra do artista de 48 anos, State Britain, repleta de imediatismo, intensidade visceral e importância histórica.

Mark Willinger vai receber 35 mil euros por uma instalação que custou três vezes mais e envolveu 15 pessoas.

O prémio Tate foi criado há 23 anos e tem o nome de um pintor do séc. 19. Foi a primeira vez que a cerimónia teve lugar fora de Londres.