Última hora

Última hora

Serviços secretos contradizem administração Bush

Em leitura:

Serviços secretos contradizem administração Bush

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão interrompeu o seu programa de armamento nuclear há quatro anos. A revelação consta de um relatório publicado pelas agências de informação norte-americanas e contraria as acusações da administração Bush segundo as quais Teerão estará a desenvolver um arsenal nuclear

Stephen Hadley, conselheiro para a segurança nacional afirmou que “os serviços de informação acreditam com um elevado grau de confiança que o Irão tinha um programa de armas nucleares encoberto, que nunca admitiu e que continua a negar” Hadley acrescentou que “os serviços secretos acreditam firmemente que o Irão interrompeu o seu programa de armas nucleares no Outono de 2003 e acreditam moderadamente que, até meados de 2007, não o terão recomeçado”.

Enquanto a União Europeia prossegue os esforços diplomáticos, os Estados Unidos continuam a pressionar a ONU para que seja imposto um terceiro pacote de sanções ao Irão, que se recusa a interromper o seu programa nuclear que sempre defendeu ter objectivos unicamente civis.

Os iranianos continuam a enriquecer urânio que, asseguram, irá servir apenas como combustível para futuras centrais nucleares.