Última hora

Última hora

Minuto de silêncio em toda a Espanha pelas vitimas da ETA

Em leitura:

Minuto de silêncio em toda a Espanha pelas vitimas da ETA

Tamanho do texto Aa Aa

As comemorações do Dia da Constituição e a homenagem às duas últimas vítimas da ETA juntaram-se no Salão dos Passos Perdidos do Congresso dos deputados em Espanha.

Foi observado um minuto de silêncio, repetido em todo país, do sul até ao país basco.

Manuel Marín, presidente do parlament, dedica afeição e respeito às vítimas do terrorismo.

A homenagem foi repetida em Victoria, onde se situa a casa de um dos detidos. Todas autoridades e representantes dos partidos da oposição fizeram questão de estar presentes.

Dois guardas civis espanhóis, de 23 e 24 anos, foram assassinados a tiro no sábado no sul de França quando participavam numa operação de rotina conjunta com a polícia gaulesa contra os separatistas bascos.

As suspeitas recaem sobre três pessoas. Duas já foram detidas. Um já tinha estado preso por ligações à ETA. A mulher, Saioa Sánchez Iturregui, era procurada pelas autoridades que acreditam tratar-se de uma etarra de forte influência na organização.

O terceiro suspeito continua a monte.

A polícia efectuou buscas em casa de um dos detidos. Ainda não se sabe o que levaram mas foram transportados quase uma dezena de caixotes, outros tantos sacos, com vários tipos de material.