Última hora

Última hora

Cenário negro para os argumentistas

Em leitura:

Cenário negro para os argumentistas

Tamanho do texto Aa Aa

A crise dos argumentista do audiovisual norte- americano sem fim à vista. Em greve desde o início de Novembro estes profissionais abandonaram a mesa das negocições, um fracasso que nenhuma das partes quer assumir. Se a greve se prolongar até Fevereiro a época dos programas-piloto pode ser seriamente afectada.

No total, os grandes estúdios gastam uma média de 400 milhões de dólares por ano em pilotos e um destes episódios experimentais pode custar mais de sete milhões, um argumento de peso que poderá ajudar a desbloquear a crise. Os argumentistas reclamam a revalorização dos direitos de autor. A última reivindicação do género remonta há cerca de 20 anos, em 1988. Nessa altura a greve teve uma duração de 22 semanas.