Última hora

Última hora

Abertura da conferência de doadores para os palestinianos

Em leitura:

Abertura da conferência de doadores para os palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

Reabilitar a economia palestiniana para estabelecer as fundações de um futuro estado. Cerca de 90 países e instituições estão reunidos em Paris numa conferência de doadores onde se espera que sejam recolhidos cerca de 4 mil milhões de euros. Uma verba pedida pelo governo palestiniano para ser utilizada nos próximos três anos. 70 % dos fundos serão canalizados directamente para o orçamento da Autoridade Palestiniana que visa implementar um programa de reformas.

O presidente francês Nicolas Sarkozy, o anfitrião, apelou a Israel para “paralisar completa e imediatamente o processo de colonizações, pois de outro modo não é possível fomentar uma economia”, salientou.

O presidente palestiniano Mahmoud Abbas também insistiu na necessidade de Israel “acabar com expansão dos colonatos”.

Esta conferência é o seguimento da cimeira de Anápolis que lançou as primeiras conversações de paz em sete anos.

As organizações humanitárias alertam para a situação degradante que se vive nos territórios palestinianos. As mesmas entidades salientam que de nada serve doar fundos se as restrições na circulação de pessoas e bens se mantiverem.

Analistas referem que se os Estados Unidos não estiverem preparados para adoptar uma postura mais dura com o seu aliado Israel, o desenvolvimento económico será inviável.