Última hora

Última hora

Greenpeace empareda entradas do conselho de ministros

Em leitura:

Greenpeace empareda entradas do conselho de ministros

Tamanho do texto Aa Aa

Duas centenas de activistas da Greenpeace bloquearam a entrada do conselho de ministros da União, em Bruxelas. Em cada um das sete portas do edifício, construíram paredes, para impedirem a entrada dos ministros das Pescas dos Vinte e Sete.

Protestam, assim, contra a gestão europeia das pescas, como explica Iris Menn, responsável da campanha Oceanos da Greenpeace: “Esta crise nos oceanos é muito forte, por isso precisamos de enviar uma mensagem forte aos ministros das pescas, que são incompetentes. Gostaríamos que os ministros do ambiente assumissem a responsabilidade da protecção dos oceanos, já que eles têm esta protecção como prioridade, em vez dos ministros das pescas, que só se preocupam com os lucros económicos.”

A manifestação começou às oito e meia da manhã – menos uma hora em Lisboa – e às onze e meia estava terminada, depois da intervenção da polícia.

A acção atrasou o início do conselho de ministros da Agricultura e Pescas. Como todos os anos, em Dezembro, os responsáveis dos Vinte e Sete reúnem-se para discutir as quotas de pesca do ano seguinte. Mas os manifestantes estimam que não é suficiente: pedem a interdição total da pesca até à completa recuperação dos ‘stocks’ piscícolas.