Última hora

Última hora

Iulia Timoshenko reocupa cargo de primeira-ministra da Ucrânia

Em leitura:

Iulia Timoshenko reocupa cargo de primeira-ministra da Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Iulia Timoshenko regressa ao cargo de primeira-ministra da Ucrânia. Após dois anos de luta para voltar ao poder, Timoshenko, uma das grandes figuras da “Revolução Laranja”, conseguiu o apoio de 226 deputados, o mínimo exigido para ser eleita.

Na semana passada, ficou a apenas um voto e após o adiamento da votação, devido a conflitos entre pró-russos e pró-ocidentais, a “dama de ferro” passou o teste do hemiciclo graças à nova aliança com o partido do presidente. Os adversários boicotaram a sessão.

Perante os deputados, a nova primeira-ministra afirmou que quando esteve no cargo, há dois anos, provou que é possível aplicar a lei no país, mas os interesses particulares acabaram por lhe suceder. Uma referência às lutas de poder que acabaram por levar o presidente Iushenko a demiti-la, sete meses após a tomada de posse.

Agora Iulia Timoshenko está pronta a voltar à carga, prometendo lutar contra a corrupção e implementar reformas económicas, políticas e judiciais para aproximar a Ucrânia do Ocidente, sobretudo, da União Europeia e da NATO.