Última hora

Última hora

Justiça libanesa condena autores de atentados falhados na Alemanha

Em leitura:

Justiça libanesa condena autores de atentados falhados na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Prisão perpétua e 12 anos atrás das grades para os autores dos atentados falhados do ano passado nos comboios alemães. Um tribunal de Beirute condenou Jihad Hamad a 12 anos de cárcere e Youssef al-Haj Deeb a perpétua, ambos por tentativa de assassinato em massa na Alemanha.

Três suspeitos foram considerados inocentes pela justiça libanesa. Um dos arguidos foi julgado à revelia. Youssef al- Haj Deeb foi inicialmente condenado à morte mas a pena foi comutada para perpétua. Está sob custódia das autoridades alemãs e começou a ser julgado esta terça-feira em Dusseldorf.

Os dois libaneses argumentam que nunca tiveram intenção de matar e que os engenhos explosivos foram concebidos de forma a não deflagrarem pois pretendiam apenas pregar um susto por causa das polémicas caricaturas de Maomé, publicadas em 2005.

As bombas, construídas com botijas de gás propano, foram colocadas dentro de malas em comboios regionais com destino a Koblenz e a Dusseldorf. Os engenhos nunca chegaram a deflagrar. Os autores foram identificados através de imagens de câmaras de vigilância.