Última hora

Última hora

Londres quer endurecer condições para a obtenção de vistos

Em leitura:

Londres quer endurecer condições para a obtenção de vistos

Tamanho do texto Aa Aa

O governo britânico quer reformar o sistema de vistos, para reduzir a imigração ilegal. As propostas apresentadas, esta terça-feira, estarão em debate nos próximos três meses.

A principal medida é redução do tempo de duração do visto de turista de seis para três meses, e a criação de vistos específicos, por exemplo, para negócios ou eventos desportivos.

O ministro da Imigração, Liam Byrne, defende que “as pessoas que visitam o país ou um parente por um curto período não precisam de mais de três meses”, e explica que esta “é apenas uma parte do esforço que será feito no próximo ano para tornar mais eficaz a segurança nas fronteiras britânicas”.

As famílias de cidadãos não europeus que queiram receber parentes vão ter de pagar uma caução. Mil e quatrocentos euros por visitante. Soma que será restituída quando o familiar abandonar o país ou perdida se expirar o prazo.

Uma britânica considera que será muito dinheiro se, por exemplo, alguém desejar receber dez pessoas. Nesse caso terá de pagar dez mil libras. Outra considera que vai dificultar a vida de pessoas pobres e que desejavam receber familiares idosos.

Londres quer ainda ampliar, até à Primavera, a recolha de impressões digitais a todos os pedidos de visto. Só no ano passado foram dois milhões. Mas as críticas não faltam. Organizações de defesa dos imigrantes são contra, evocando a discriminação em relação a certa comunidades. A oposição pede medidas ainda mais duras.