Última hora

Última hora

Crise belga com fim à vista

Em leitura:

Crise belga com fim à vista

Tamanho do texto Aa Aa

É o primeiro passo para pôr fim à crise política na Bélgica. O primeiro-ministro, Guy Verhofstad, conseguiu um acordo para a formação de um governo interino e acabar com o vazio político que dura há cerca de meio ano.

O partido centrista francófono CDH era o mais reticente, mas acabou por aceitar as propostas do primeiro ministro, abrindo, assim, caminho a um governo composto por democratas-cristãos, liberais flamengos, bem como, liberais e socialistas francófonos.

O executivo deverá entrar em funções nos próximos dias e dar resposta aos problemas do país durante três meses, enquanto é negociada uma coligação estável.

A prioridade para já passa pela resolução de questões como a baixa do poder de compra, que levou recentemente para a rua cerca de 20 mil pessoas.

Um passo para sair do impasse politico em que se encontra a Belgica há já meio ano.

, tempo para lançar discussões sobre uma nova reforma do Estado exigida pela Flandres, mas temida pelos valões francófonos.