Última hora

Última hora

Justiça espanhola condena simpatizantes da ETA

Em leitura:

Justiça espanhola condena simpatizantes da ETA

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de meia centena de simpatizantes da ETA foram condenados esta quarta-feira a um total de 500 anos em penas de prisão.

O veredicto foi anunciado em Madrid pela Audiência nacional espanhola, após um processo que sentou no banco dos réus 52 pessoas pertencentes a estruturas ligadas à organização separatista basca.

O processo decorreu entre Novembro de 2006 e Março de 2007, e no final 47 arguidos foram condenados a diversas sentenças, que variaram entre os dois e os 20 anos de prisão, e cuja leitura provocou alterações.

A juíza que lia os acórdãos foi obrigada a expulsar da sala alguns dos réus que contestavam as decisões do tribunal. Á saída do edifício a tensão também aumentou quando simpatizantes pró e contra a ETA trocaram insultos e palavras de ordem.

Este foi o maior processo ligado à ETA, organização armada que em Junho decidiu anular um cessar-fogo que durou 15 meses. Recentemente, os separatistas bascos reivindicaram a morte de dois membros da ‘guardia civil’ espanhola abatidos no sudeste de França no início do mês.