Última hora

Última hora

400 milhões de europeus à espera do fim das fronteiras

Em leitura:

400 milhões de europeus à espera do fim das fronteiras

Tamanho do texto Aa Aa

A abolição dos controlos nas fronteiras internas, graças ao alargamento do Espaço Schengen, é um momento muito aguardado pelo cidadãos dos antigos países do Bloco de Leste.

Em termos oficiais e logísticos, tudo está pronto, garante Jens Schobranski, guarda alemão, na fronteira com a Polónia: “Estamos bem preparados para a abertura das fronteiras. Temos uma boa cooperação, de confiança, com o lado polaco. A paragem para controlo será abolida, mas estamos suficientemente equipados para vigiar as fronteiras na região.”

No terreno, tudo se prepara para a abolição real dos controlos, que será efectiva a partir das zero horas de sexta-feira. O momento é aguardado com ansiedade pelos cidadãos. “É incrível”, diz um jovem, que acrescenta: “Sobretudo para mim, que sou germano-polaco. Há tanto tempo que esperávamos por isto.” Uma jovem alemã, contudo, manifesta certos receios: “Vai ser difícil para a polícia, para controlar a fronteira, mas espero que tudo se passe bem.”

A fronteira entre Frankfurt-Oder, na Alemanha, e Slubice, na Polónia, com a sua ponte sobre o Oder, é uma das mais importantes da região. Aqui foi celebrada a entrada da Polónia na União Europeia, a 1 de Maio de 2004.