Última hora

Última hora

Europa está em festa

Em leitura:

Europa está em festa

Tamanho do texto Aa Aa

Mais um marco na construção europeia. O espaço Schengen alargou-se a nove Estados-membros da União. A barreira da divisão dos povos voltou a cair no velho continente.

400 milhões de cidadãos estão agora mais próximos. Podem viajar de Lisboa a Taline sem qualquer controlo fronteiriço.

Os países que aderiram à União Europeia em 2004, com excepção de Chipre, passaram a fazer parte do território europeu sem fronteiras internas.

Um alargamento a Leste que foi possível nesta data face ao desenvolvimento de uma solução tecnológica portuguesa que permitiu de forma provisória ligar as bases de dados do sistema de informação Shengen.

As cerimónias sucederam-se em diversas fronteiras que agora fazem apenas parte de um passado recheado de rivalidades e conflitos no seio da Europa.

O ideal de liberdade na máxima plenitude foi brindado por milhões de pessoas de Malta e de antigos países do extinto Pacto de Varsóvia – Polónia, República Checa, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Eslováquia e Eslovénia.

Após este alargamento, apenas cinco países da UE não fazem parte desta união – Reino Unido, Irlanda, Chipre, Roménia e Bulgária. Estes 2 últimos estados-membros, os mais recentes países da União Europeia, deverão aderir à livre circulação de bens e pessoas a partir de 2010.

A Europa está em festa. A união dos povos avança.