Última hora

Última hora

Paquistão: eleições a 8 de Janeiro?

Em leitura:

Paquistão: eleições a 8 de Janeiro?

Tamanho do texto Aa Aa

Só esta segunda-feira é que se vai saber se as eleições legislativas paquistanesas se vão realizar no próximo dia 8. Numa reunião de emergência, a Comissão Eleitoral vai decidir se há condições para manter a data, dado o clima de turbulência causado pela morte de Benazir Bhutto.

O Partido do Povo do Paquistão já anunciou que vai participar nas legislativas. O anúncio foi feito por um dos novos líderes: Bilawal Bhutto Zardari, que sucede à mãe na presidência do partido, coadjuvado pelo pai, Asif Ali Zardari.

“Eu vou ficar como um símbolo da federação. A luta longa e histórica do partido pela democracia vai continuar com um vigor renovado. E eu continuo comprometido com a estabilidade da federação. A minha mãe sempre disse que a democracia é a melhor vingança”, disse Bilawal Bhutto.

Os novos presidentes do Partido do Povo Paquistanês pediram ao líder do segundo partido da Oposição para também se apresentar às eleições previstas para 8 de Janeiro. Fonte de um partido revelou que as eleições podem vir a ser adiadas por dois meses. A Comissão Eleitoral fez, entretanto, saber que as instalações que possui em 11 distritos da província de Sindh foram incendiadas e o material eleitoral destruído.