Última hora

Última hora

Sarkozy suspende diálogo com Síria até que Damasco apoie eleição presidencial libanesa

Em leitura:

Sarkozy suspende diálogo com Síria até que Damasco apoie eleição presidencial libanesa

Tamanho do texto Aa Aa

Nicolas Sarkozy aproveitou a visita ao Egipto para definir a posição de França no Médio Oriente, nomeadamente endurecendo o discurso face à Síria. O presidente francês disse que vai suspender as relações com Damasco enquanto o regime de Bashar Al-Assad não apoiar a eleição de um novo presidente no Líbano.

O Parlamento libanês ainda não conseguiu eleger o chefe de Estado, devido ao conflito entre a oposição pró-síria e a maioria apoiada pelo Ocidente.

Após um encontro com o homólogo egípcio, Hosni Mubarak, Sarkozy afirmou que “a Síria deve parar de falar e começar a demonstrar”. O presidente francês sublinhou que “não manterá contactos com os sírios até que tenha provas de que deixarão que o Líbano escolha um presidente consensual”.

Sarkozy, que visitou o túmulo do antigo presidente egípcio Anwar Sadat, aludiu ainda a Israel, a quem pediu que tome medidas imediatas que favoreçam a criação de um Estado palestiniano independente.

No plano bilateral, a França declarou-se disponível para colaborar em matéria de energia nuclear com o Egipto, que acaba de relançar o seu programa civil.