Última hora

Última hora

Europa e EUA propoem coligação para o Quénia

Em leitura:

Europa e EUA propoem coligação para o Quénia

Tamanho do texto Aa Aa

Javier Solana e Condoleezza Reice mantiveram, esta quinta-feira, uma conversa telefónica., sobre a situação no Quénia. Na sequência desta troca de impressões, decidiram enviar às forças políticas quenianas um apelo conjunto, para que termine a violência e que optem por um governo de unidade nacional, saído de uma coligação.

Solana e Reice concordaram ainda no envio de uma missão conjunta Europa – Estados Unidos, para sensibilizar as forças em confronto. É também esse o objectivo da Alemanha, cujo embaixador em Nairobi tentou, em vão, falar com o candidato derrotado nas eleições presidencais, Raila Ondinga.

O diplomata germânico falou do assunto com o arcebispo sul-africano, Desmond Tutu. A presença do prelado em Nairobi integra-se também no esforço de mediação do conflito que está a ser feito, pela comunidade internacional.

Uma mediação que é desejada por Raila Ondinga. Do outro lado do conflito, o presidente Kibaki diz que está disponível para dialogar, a partir do momento em que termine a violência.