Última hora

Última hora

Inflação da Eurozona segue nos 3,1%

Em leitura:

Inflação da Eurozona segue nos 3,1%

Tamanho do texto Aa Aa

A inflação na Zona Euro manteve-se acima dos 3%, em Dezembro. A subida nos preços não abrandou, muito por culpa da alimentação e da energia, e a taxa anual de 3,1% que tinha já sido publicada em Novembro manteve-se no último mês do ano.

Foi o quarto mês consecutivo em que a inflação esteve acima do limite de dois por cento fixado pelo Banco Central Europeu.

Este valor, no grupo dos então 13 membros da Eurozona, contrasta com uma inflação ainda mais alta nos Estados Unidos – 3,8%, o que não impede a Reserva Federal de continuar a reduzir as taxas de juro.

A Espanha tem a inflação mais alta, 4,1%, enquanto a Holanda teve a mais baixa, 1,8%. A Espanha, a par da Itália, foi um dos países da Zona Euro onde a inflação esteve a crescer, o que contrabalançou a descida na Alemanha, onde a taxa de Dezembro foi de 3,5%.

Estes valores são uma estimativa publicada agora pelo Eurostat, o organismo de estatísticas da União Europeia. Os números definitivos vão ser publicados no dia 16 deste mês.