Última hora

Última hora

Clinton e Romney alvo dos respectivos opositores

Em leitura:

Clinton e Romney alvo dos respectivos opositores

Tamanho do texto Aa Aa

Nos debates organizados no sábado à noite por uma televisão americana, o alvo dos republicanos foi o antigo governador do Massachussets, Mitt Romney, vencedor do caucus do Wyoming. Tanto Huckabee como McCaine não pouparam críticas, apontando a Romney o facto de mudar muitas vezes de opinião, nomeadamente quanto à guerra do Iraque.

O candidato mormon foi ainda acusado de denegrir os seus rivais em spots de campanha televisivos e em sua defesa pediu que os seus propósitos não sejam caricaturados, acrescentando que os americanos querem ouvir discutir política e não ataques pessoais.

A próxima corrida são as primárias no estado do New Hampshire na próxima terça-feira.

Para esse combate se preparam também os democratas. O debate do lado democrata foi bastante aceso. O alvo de todos os ataques foi a antiga primeira-dama e senadora de Nova Iorque, Hillary Clinton.

Hillary passou claramente ao ataque com o objectivo de tentar rebaixar Barack Obama e a supremacia que este trás das primárias anteriores.
A senadora de Nova Iorque chegou mesmo a enervar-se em alguns momentos e acabou por ouvir o terceiro candidato, John Edwards, acusá-la de pertencer ao status quo e de se opôr às mudanças.

“O que eu queria dizer é que de cada vez que falamos em mudanças, as forças do status quo atacam, é isso o que acontece, atacou Edwards.

Hillary ficou lívida e defendeu-se chamando a si as reformas feitas durante a administração do seu marido e apresentando a corrida de uma mulher à Casa Branca como uma das maiores mudanças.

Segundo a imprensa americana, depois das primárias do Iowa todas as sondagens mostram que Hilary Clinton está a perder terreno