Última hora

Última hora

Obama e Guiliani um confronto possível

Em leitura:

Obama e Guiliani um confronto possível

Tamanho do texto Aa Aa

A guerra fratícida no campo dos Democratas pode deixar hoje alguns candiatos por terra e outros mais perto da vitória. As primárias das presidenciais norte-americanas em New Hampshire mobilizam em massa os apoiantes de Barack Obama que esperam a vitória contra a rival mais séria, Hillary Clinton.

Obama não só atrai uma maioria de jovens, como seduz as mulheres e os eleitores que não pertencem nem ao partido Democrata, nem ao Republicano.

À saida de uma reunião em New Ampshire Hillary Clinton apareceu junto do seus partidários à beira das lágrimas, a voz toldada pela emoção onde declarou que esta batalha não é apenas uma questão política mas algo muito pessoal.

No lado republicano, espera-se a confirmação da liderança do senador do Arizona, John McCain, que poderá vencer no New Hampshire com 32 por cento
dos votos.
Mas a nível nacional o favoritismo pende para o lado do presidente da Câmara de Nova Iorque. Rudy Giuliani que ganhou notoriedade com os atentados de 11 de Setembro de 2001 é já visto pelos analistas como o republicano melhor preparado para enfrentar Barack Obama um provável lider da oposição.