Última hora

Em leitura:

iTunes baixa preços da música na Grã-Bretanha


mundo

iTunes baixa preços da música na Grã-Bretanha

É uma vitória para os consumidores britânicos de música online: a Apple anunciou que, no prazo de seis meses, a iTunes vai alinhar os preços da Grã-Bretanha pelos dos restantes países europeus. Até aqui, as músicas vendidas a internautas britânicos custavam 0,79 libra – quase 1,10 euro – contra 0,99 euro no resto da Europa. Bruxelas abandona, assim, a investigação sobre a Apple, iniciada em 2005.

A Comissão Europeia considera ainda que o facto de o iTunes vender músicas diferentes segundo os países da União também não infringe as leis comunitárias. Jonathan Todd, porta-voz da Comissão Europeia, explica que, “o facto de nem todos os conteúdos estarem disponíveis em todos os países europeus não resulta de práticas restritivas entre a Apple e as principais discográficas. É antes o resultado da legislação europeia relativa ao ‘copyright’ e do facto de que a maioria das discográficas prefere não disponibilizar o seu conteúdo de forma paneuropeia.”

Bruxelas gostaria de um mercado paneuropeu de música online, onde todos os consumidores de todos os Estados membros pudessem ter acesso aos mesmos títulos. Na semana passada, Bruxelas anunciou que, em meados do ano, fará uma proposta de directiva para desenvolver o mercado europeu da música online.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Bush no Médio Oriente