Última hora

Última hora

John McCain: De politicamente acabado a vencedor no New Hampshire

Em leitura:

John McCain: De politicamente acabado a vencedor no New Hampshire

Tamanho do texto Aa Aa

Dado como politicamente acabado, depois de apoiar o reforço das tropas norte-americanas no Iraque e de se ver envolvido na polémica sobre a reforma da imigração, John McCain conseguiu um regresso triunfante nas primárias do New Hampshire.

Se no campo democrata já são conhecidos os dois protagonistas da batalha final para a candidatura à Casa Branca, no lado republicano tudo está em aberto e John McCain conta aproveitar essa mesma abertura.

Perante os seus eleitores, o senador do Arizona e veterano da guerra do Vietname, de 71 anos, fez questão de referir que conseguiu “mostrar o que é um verdadeiro regresso à vida política.”

Um regresso que inflige uma segunda derrota a Mitt Romney, um multimilionário empresário mórmon que investiu fortunas nesta campanha.

De acordo com os meios de comunicação norte-americanos, Romney ficou-se pelos 31 por cento dos votos contra 36 de John McCain.

Bem longe dos dois candidatos mais votados, ficou
o ex-governador do Arkansas, Mike Huckabee, com 11 por cento dos votos. Recorde-se que Huckabee venceu as primárias no Iowa, relegando para o segundo lugar Mitt Romney.

Na quarta posição ficou Rudolph Giuliani. Dado como o grande favorito republicano a nível nacional, o ex-presidente da Câmara de Nova Iorque não foi além dos nove por cento.

Giuliani decidiu não investir muito na campanha das primárias no Iowa e no New Hampshire com o objectivo estratégico de conservar energias para os Estados que elegem grandes eleitores e cujo peso no voto final é mais significativo.