Última hora

Última hora

FARC libertam Clara Rojas e Consuelo Gonzalez

Em leitura:

FARC libertam Clara Rojas e Consuelo Gonzalez

Tamanho do texto Aa Aa

Clara Rojas e Consuelo Gonzalez são livres de novo. As duas reféns foram entregues à delegação da cruz vermelha internacional pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

Depois de seis anos em cativeiro na selva da Colômbia, a ex-candidata à vice-presidência do país, raptada pelas FARC em Fevereiro de 2002, e a deputada colombiana, nas mãos das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia desde Setembro de 2001, aterraram, por volta das 19h40, hora de Lisboa, no aeroporto militar de Santo Domingo, na região de Tachira, na Venezuela, junto à fronteira colombiana.

Clara Rojas e Consuelo Gonzalez de Perdomo, foram resgatadas na região de Guaviare, numa operação coordenada pelas autoridades colombianas, venezuelanas e pelo Comité Internacional da Cruz Vermelha.

As duas ex-reféns são agora esperadas pelos seus familiares no aeroporto internacional de Maiquetía, perto da capital venezuelana, Caracas.

Agora que as duas mulheres foram libertadas, as atenções voltam a centrar-se na sorte de Ingrid Bettancourt, a mais célebre dos mais de setecentos reféns das FARC. Os rebeldes colombianos nunca disseram se tencionam libertá-la.