Última hora

Última hora

Oposição protesta em massa contra presidente

Em leitura:

Oposição protesta em massa contra presidente

Tamanho do texto Aa Aa

Uma maré humana inundou Tblissi, na Geórgia, este domingo para protestar contra a reeleição, que consideram ter sido fraudulenta, do presidente Mikhail Saakshvili. O protesto foi convocado pelo líder da oposição Levan Gachechiladze que acusa o chefe de Estado de ter adulterado o escrutínio de forma a evitar uma segunda volta, apesar dos observadores ocidentais terem concluído que o sufrágio foi justo.

Cerca de 40 mil pessoas mobilizaram-se para apoiar a luta da oposição. A antiga ministra dos Negócios Estrangeiros, Salome Zurabishvili, uma aliada chave de Gachechiladze explica o motivo da indignação.

“Estamos a pedir o que é devido, que é a segunda volta das eleições. Nós contámos, nós reclamámos contra irregularidades. Temos que ter a segunda volta”, disse Zurabishvili.

O protesto, que a oposição promete ser o primeiro de muitos, ocorreu no mesmo dia em que a Comissão Nacional de Eleições publicou os resultados definitivos.

Mikhail Saakashvili triunfou com 53 %. Gachechiladze apenas recolheu 25 %.

Uma coisa é certa, com ou sem manipulação eleitoral, o actual chefe de Estado perdeu popularidade. Em 2004, quando foi eleito pela primeira vez, Saakashvili obteve 96 %, impulsionado pela chamada revolução das rosas.

A oposição garante ter tido votos suficientes para ir a uma segunda volta. Um novo protesto está já marcado para terça-feira.