Última hora

Última hora

Eurostat confirma inflação nos 3,1%

Em leitura:

Eurostat confirma inflação nos 3,1%

Tamanho do texto Aa Aa

O Eurostat, organismo de estatísticas da União Europeia, confirmou que a inflação em Dezembro, na Eurozona, foi de 3,1%.

Este nível, que tinha já sido atingido em Novembro, é o mais alto em mais de sete anos. Este foi o quarto mês consecutivo em que a taxa de inflação dos então 13, agora 15 países, ultrapassou o limite de 2% fixado pelo Banco Central Europeu.

A educação – livros e materiais escolares – foi o sector em que os preços mais cresceram, com uma subida anual de 9,4%. Nos transportes, a inflação foi de 5,6% e no que toca aos produtos alimentares foi de 4,8%.

A primeira estimativa, publicada há pouco mais de uma semana, apontava já para uma inflação nos 3,1%

A França, com 2,6%, voltou a ultrapassar o limite do BCE. Já a Espanha teve a inflação mais alta de todo o grupo, acima dos 4,3%.

Apesar de ter um crescimento económico sólido, a Espanha parece não conseguir livrar-se do problema da subida dos preços – um problema que afecta também a maior economia da Europa.

A Alemanha teve uma inflação anual de 2,8%. Um valor que não era visto há 13 anos. O Banco Central europeu promete vigilância para combater esta inflação galopante.