Última hora

Última hora

Incursão israelita na Cisjordânia mata líder da Jihad Islâmica

Em leitura:

Incursão israelita na Cisjordânia mata líder da Jihad Islâmica

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe do braço armado da Jihad Islâmica na Cisjordânia foi morto pelo exército israelita. Depois de Gaza, o Tsahal fez um incursão em que matou o líder militar do movimento palestiniano considerado como um dos mais extremistas. É outra vítima mortal, entre as 19 que resultaram da incursão militar em Gaza, a mais forte em mais de um ano. Cinquenta pessoas ficaram feridas.

O objectivo da operação era afastar a ameaça de morteiros com destino a Israel. Mas para já o efeito foi contrário. Milícias palestinianas lanaçaram pelo menos 25 rockets Kassam contra localidades do sul de Israel.

Tudo isto surge depois da primeira viagem do presidente norte-americano aos territórios palestinianos e a Israel em que o tom oficial foi a de reconciliação para construir um futuro Estado palestiniano.

Uma vez mais, as coisas complicam-se…