Última hora

Última hora

Israel mata três civis e chefe militar da Jihad Islâmica

Em leitura:

Israel mata três civis e chefe militar da Jihad Islâmica

Tamanho do texto Aa Aa

Um missil israelita atingiu, esta quarta-feira, uma viatura que seguia no centro de Gaza, matando três civis palestinianos.
Este ataque de Israel acontece apenas um dia depois de o exército ter realizado a investida mais mortífera desde finais de 2006. A incursão israelita de ontem matou 19 palestinianos, a maioria deles militantes do Hamas. Entre as vítimas mortais está o filho do mais influente chefe do movimento, Mahmoud al-Zahar.
Na Cisjordânia, perto de Jenin, foi abatido o chefe militar do movimento radical Jihad Islâmica. Walid Obeidi, de 40 anos, foi assassinado numa troca de tiros com o Exército israelita durante um ataque à aldeia de Qabatiya. Outros dois miltantes da Jihad Islâmica ficaram feridos e foram detidos.
Do outro lado da barricada, os militantes palestinianos dizem ter lançado dezenas de rockets e morteiros em direcção a Israel durante a noite, como retaliação pelo ataque sangrento desta terça-feira.
O presidente da Autoridade Palestiniana já disse que a investida israelita, apenas quatro dias depois da visita do presidente norte-americano, é uma bofetada na cara de George W. Bush.