Última hora

Última hora

Bernanke promete luta à recessão

Em leitura:

Bernanke promete luta à recessão

Tamanho do texto Aa Aa

Os juros dos Estados Unidos podem sofrer um corte de meio ponto, na reunião do fim deste mês. O presidente da Reserva Federal, Ben Bernanke, afirmou que a Fed vai continuar a lutar de forma agressiva contra os perigos de recessão da economia, o que significa mais cortes na taxa de juro de referência.

“A informação que recebemos sugere que a perspectiva para a actividade real em 2008 piorou e os riscos para o crescimento económico tornaram-se mais pronunciados. O conselho de política monetária da Fed mantém-se, por isso, excepcionalmente alerta e flexível, preparado para agir de forma decisiva, para contrariar as forças que ameaçam a estabilidade económica e financeira”, disse o homem-forte da Fed.

Segundo as previsões de Bernanke, a actual crise que afecta o sector financeiro pode desencadear uma recessão económica este ano. Os custos da crise devem variar entre os 100 e os 500 mil milhões de euros.

Philippe Gijsels é analista no banco belga Fortis e diz que as previsões não são boas: “Desde o início de Janeiro, temos visto números económicos bastante fracos, um índice industrial abaixo do limite e um mercado de trabalho muito baixo, que significa que os problemas não vão desaparecer tão cedo. A visibilidade das empresas está muito fraca. Tudo isso significa que temos um trimestre difícil e vários outros trimestres difíceis à nossa frente”.

Outra notícia decepcionante para a economia americana, que vem piorar as perspectivas, tem a ver com o prejuízo, a rondar os 10 mil milhões de dólares, ou 6,8 mil milhões de euros, apresentado pelo banco de investimento Merrill Lynch.