Última hora

Última hora

Segundo dia de protestos faz mortos no Quénia

Em leitura:

Segundo dia de protestos faz mortos no Quénia

 Segundo dia de protestos faz mortos no Quénia
Tamanho do texto Aa Aa

Duas pessoas foram mortas esta manhã em Nairobi, no segundo dia consecutivo de manifestações contra o presidente Mwai Kibaki, reeleito no passado dia 27 de Dezembro. A polícia usou balas reais e gás lacrimógeneo para dispersar os manifestantes que bloquearam algumas estradas, perto do bairo de Mathare.

Os protestos de três dias foram convocados pelo líder da oposição, Raila Odinga, do Movimento Democrático Laranja (ODM). Odinga, que garante que as eleições foram fraudulentas, convocou manifestações em 42 localidades do país, apesar da proibição do governo.

Em Kisumu, os protestos repetiram-se esta manhã. Mas foi ontem que esta cidade a nordeste de Nairobi viu maior violência. Duas pessoas morreram, durante as manifestações.

A violência desencadeada logo após o anúncio do resultado das eleições, já fez cerca de 700 mortos e 200 mil deslocados.