Última hora

Última hora

Prossegue o impasse no Líbano

Em leitura:

Prossegue o impasse no Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

Um primeiro encontro, mas nenhum acordo para já entre a maioria anti-síria e a oposição no Líbano. Saad Hariri, o líder da coligação governamental reuniu-se perante o antigo presidente libanês Amine Gemayel, com Michel Aoun, chefe da oposição cristã e aliado do Hezbollah.

O primeiro encontro entre governo e oposição desde a nomeação do general Aoun como negociador da oposição teve a mediação do secretário-geral da Liga Árabe. Amr Moussa afirmou no final estar “optimista”, mas que continuam a existir várias questões por resolver.

Continua por isso a ser uma incógnita, a data em que será possível eleger um novo presidente.

O Líbano está sem chefe de Estado desde Novembro e todas as tentativas do parlamento para designar o novo presidente terminaram em xeque.

O plano da Liga Árabe apela à eleição do chefe do exército Michel Suleiman como presidente, a formação de um governo de unidade nacional e a realização de uma nova lei eleitoral.

As 2 partes concordam com a eleição de Suleiman, mas divergem quanto à forma do futuro governo.