Última hora

Última hora

Quénia: número de mortos não pára de aumentar

Em leitura:

Quénia: número de mortos não pára de aumentar

Tamanho do texto Aa Aa

Terão morrido mais oito pessoas, esta sexta-feira, nas manifestações contra a reeleição do presidente Kibaki, no Quénia. A polícia voltou a usar da força para dispersar os apoiantes do candidato derrotado, Raila Odinga. Gás lacrimogéneo e tiros que terão atingido mortalmente quatro manifestantes.

Acompanhado pelos líderes muçulmanos, o Movimento Democrático Laranja de Raila Odinga voltou a sair hoje às ruas… Este é o último de três dias de protestos convocados pela Oposição, apesar do Governo ter proibido qualquer manifestação pública.

O porta-voz do Movimento Democrático Laranja diz que o Partido vai mudar de táctica para contestar o escrutínio. As manifestações de rua vão dar lugar a um boicote às empresas geridas por aliados do presidente.

A Comissão Nacional do Quénia para os Direitos Humanos, patrocinada pelo Estado, apresentou, entretanto, uma lista de irregularidades na contagem e anúncio dos resultados. O secretário-geral da ONU viaja terça-feira para Nairobi…