Última hora

Em leitura:

O líder do Hezbollah põe fim a um ano de silêncio


mundo

O líder do Hezbollah põe fim a um ano de silêncio

Sayyed Hassan Nasrallah apareceu em público em de Beirute numa altura em que o Líbano continua resolver a maior crise política desde o fim da guerra civil em 1990.
Dirigindo-se à uma multidão Nasrallah declarou afirmou que o movimento que lidera tem em sua posse restos mortais de soldados israelitas da guerra de 2006.

A oposição liderada pelo Hezbollah mantém um braço de ferro com a maioria anti-síria que paralisa o governo. Os aliados de Damasco e de Teerão querem um Governo tripartido, Hezzbollah, a maioria e o presidente.

O secretário-geral da Liga Árabe, Amr Moussa, esteve há três dias em em Beirute para uma nova mediação na crise presidencial, depois de na semana passada não ter conseguido aproximar as posições da maioria anti-síria e da oposição apoiada por Damasco, hoje encontrou-se com o líder sírio Bashar al-Assad. Moussa tentará uma vez mais que seja aceite o plano em três etapas da Liga Árabe, que obteve o apoio da maioria.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Líder do Hezzbollah volta a aparecer em público