Última hora

Última hora

Crise domina encontro do Eurogrupo

Em leitura:

Crise domina encontro do Eurogrupo

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia pode rever em baixa as previsões de crescimento da Eurozona para este ano, resultado da crise que se está a viver. A informação vem do primeiro-ministro do Luxemburgo, Jean-Claude Juncker, que presidiu hoje, em Bruxelas, à reunião do grupo de 15 países da moeda única.

O comissário para os Assuntos Económicos, Joaquín Almunia, defende a boa saúde da economia dos Quinze: “A excessiva volatilidade do mercado não é uma boa notícia, mas espero que haja uma acalmia. Até porque, pelo menos na Europa, os alicerces da economia mantêm-se firmes”.

Esta reunião antecede a cimeira do Ecofin, o grupo dos ministros dos 27 países da União, marcada para esta terça-feira, também em Bruxelas.

A crise que levou a semana a abrir com quedas a pique nas bolsas, um pouco por todo o mundo, é o principal assunto em cima da mesa. Outro assunto quente, que está a causar alguma controvérsia, é o encontro marcado para o fim do mês, entre as quatro maiores economias da Europa – Alemanha, Reino Unido, França e Itália.