Última hora

Última hora

Governos prevêem soluções para Northern Rock e West LB

Em leitura:

Governos prevêem soluções para Northern Rock e West LB

Tamanho do texto Aa Aa

As entidades privadas que querem comprar o banco britânico Northern Rock, alvo de um plano de salvamento por parte do Banco de Inglaterra, têm duas semanas para fechar o negócio.

Londres quer acelerar o processo e prometeu também a conversão em obrigações do dinheiro emprestado ao banco, para facilitar o pagamento.

O ministro das Finanças, Alistair Darling, explicou os pormenores: “A minha proposta é que o Northern Rock seja detido e gerido pelo sector privado, como banco comercial, e que o governo assegure que o financiamento privado é possível, nas actuais condições de mercado. Acredito que a companhia tem que ser gerida de acordo com os critérios e com a disciplina do sector privado, sempre no respeito pelos interesses dos contribuintes”.

O banco central do Reino Unido injectou 24 mil milhões de libras, ou 32 mil milhões de euros, neste banco a passar por uma grave crise financeira. Quando os problemas estalaram, os clientes fizeram fila à porta das agências, para levantar as poupanças, o que só fez piorar a situação.

A Virgin, de Richard Banson, e o fundo de investimento Olivent são os dois candidatos à compra do Northern Rock, numa altura em que os empregados e os actuais accionistas protestam contra uma eventual venda de activos.

Na Alemanha, os accionistas de outro banco a passar sérias dificuldades, o West LB, anunciaram que vão suportar os prejuízos, que atingiram os 1,5 mil milhões de euros e encargos excepcionais do mesmo valor.

O West LB é detido pelo governo da Renânia-Vestefália e por um conjunto de bancos locais.

Tanto o Northern Rock como o West LB são duas das maiores vítimas europeias da crise que está a afectar todo o sector.