Última hora

Última hora

Governo de Romano Prodi enfrenta teste decisivo

Em leitura:

Governo de Romano Prodi enfrenta teste decisivo

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe do executivo italiano pediu um voto de confiança, no parlamento e no senado, depois de ontem um partido católico centrista ter abandonado a frágil coligação governamental. A votação está prevista para amanhã à tarde.

Esta manhã, Prodi pediu aos deputados para assumirem as suas responsabilidades de forma clara e sublinhou que o parlamento é o único local onde se pode decidir o destino de um governo.

Os problemas do governo italiano agravaram-se ontem. O ex-ministro da justiça
Clemente Mastella anunciou que o seu partido abandonava o executivo de centro-esquerda composto por dez partidos.

O líder da formação católica pediu a realização de eleições e garantiu que em caso de moção de confiança votaria contra o governo de Prodi.

Suspeito num caso de corrupção, Mastella demitiu-se do cargo de ministro da justiça na semana passada, depois de a mulher ter sido colocada em prisão domiciliária.

É a trigésima segunda vez que o governo italiano se submete a um voto de confiança no parlamento desde 2006.

Prodi dispõe de uma reduzida margem de manobra. Se perder, pouco mais poderá fazer senão demitir-se.