Última hora

Última hora

UE garante que não retira FARC da lista dos grupos terroristas

Em leitura:

UE garante que não retira FARC da lista dos grupos terroristas

Tamanho do texto Aa Aa

Está fora de questão retirar as FARC da lista das organizações terroristas da União Europeia. Esta garantia foi dada hoje ao presidente da Colômbia Álvaro Uribe pelo chefe da diplomacia dos 27, Javier Solana.

Bruxelas dá assim resposta negativa ao pedido de Hugo Chavez. O presidente venezuelano tinha apelado à União Europeia para retirar a guerilha marxista da lista dos grupos terroristas.

Em entrevista à Euronews, Uribe afirmou que as Farc devem permanecer na lista das organizações terrorisas porque “se trata de um grupo violento num país democrático e em segundo lugar, porque são financiadas pelo dinheiro da droga”.

Uribe afirmou ainda que “o governo colombiano aceitará qualquer libertação unilateral decidida pelas Farc e coloborará, como já o fez. Mas as únicas instâncias de negociação são a Igreja católica e os mediadores europeus”.

Em Dezembro, o presidente colombiano demitiu Hugo Chavez do cargo de mediador na libertação dos reféns das FARC.

O presidente colombiano iniciou uma ronda pela Europa para discutir formas de libertar os reféns detidos pela guerilha marxista.

A partir de amanhã, a Euronews transmite na íntegra esta entrevista ao presidente da Colômbia.