Última hora

Última hora

Palestinianos rebentam com fronteira egípcia

Em leitura:

Palestinianos rebentam com fronteira egípcia

Tamanho do texto Aa Aa

Os palestinianos de Gaza invadiram o Egipto para rechearem as despensas. Tudo começou de madrugada quando um grupo de homens encapuçados fez explodir as barreiras fronteiriças. Os militares egípcios receberam entretanto ordem presidencial para deixar passar os palestinianos se não trouxessem armas.

Milhares de habitantes da Faixa de Gaza aproveitaram assim esta ocasião para se abastecerem. O território enfrentava o perigo de um drama humanitário devido ao bloqueio económico imposto por Israel a 17 de Janeiro.

Para o Hamas, “existe um sentimento crescente de frustração e raiva entre os palestinianos devido ao sufoco e ao sofrimento que o bloqueio gerou”. Os acontecimentos desta manhã são por isso naturais e o movimento islâmico tinha já alertado para essa possibilidade, afirmou um porta-voz da organização que controla o território.

Os palestinianos tiveram assim a possibilidade de importar todo o género de bens como explica um dos residentes da Faixa de Gaza: “- Damos graças a Deus por esta vitória. As pessoas trazem tudo, comida, cimento, cigarros, tudo, e os doentes podem ir buscar tratamento médico.” Israel, que tinha já aligeirado o bloqueio face à pressão internacional, diz que estas brechas na fronteira permitem ao Hamas rearmar-se.